segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

Os Herdeiros da Lua de Joana

Achei o livro muito interessante.
A história relata os momentos passados pela família de uma jovem após a sua morte.
É um livro bastante comovente.
Joana era uma jovem bonita, boa aluna e bem-educada, que se sentia só. As suas únicas confidentes, a avó Ju e a sua amiga Marta, já tinham falecido.
Joana, como não tinha ninguém para desabafar, decidiu escrever cartas à sua amiga que tinha falecido por causa do vício das drogas.
Os pais de Joana eram muito ausentes e o seu irmão tinha muitos problemas psicológicos. Ninguém dava atenção a Joana.
Joana faleceu muito jovem com o vício das drogas, como a sua amiga Marta. Foi a partir desse momento que os pais dela começaram a ver o quanto ela era importante para eles.
Dr. Brito, o pai de Joana, começou a ler as cartas que Joana escrevia para a sua amiga Marta e percebeu que ela se sentia só e que ninguém a ajudava a ultrapassar esta solidão.
A Bé, mãe de Joana, e o Jorge, irmão de Joana, queriam esquecer a morte de Joana e escondiam os seus verdadeiros sentimentos. Ao contrário da Bé e do Jorge, o pai de Joana estava arrependido de não lhe dar atenção no passado, sendo por isso a minha personagem preferida.


Carla Sofia Mesquita

20 comentários:

»FILIPA* disse...

Também gostei muito e achei muito interessante a leitura deste livro e por isso recomendo-a a todas as pessoas!

Júlio Sá disse...

Para quem gostou do livro citado, deixo aqui a sugestão de outro livro do género, da mesma autora: "O Clube dos Actores". Vicente, uma das personagens deste livro, frequenta o 9º ano e adora escrever. Tendo terminado um peça de teatro, "O cavaleiro e a flor", cabe-lhe agora a tarefa de a levar à cena na escola. Mas a par da felecidade de realizar um sonho, Vicente tem outro objectivo: convidar Íris, a "flor" em quem se inspirou para a peça, a assistir à representação. E a razão é muito simples: Vicente está apaixonado!... Não querem saber como termina a história? Será que a Íris aceita o convite? Aperceber-se-á da paixão de Vicente?

miguel angelo ribeiro silva disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
miguel angelo ribeiro silva disse...

Também gostei muito deste livro pois gosto de obras dramáticas, este livro é um espetaculo e recomendo-o a quem goste de textos dramáticos.

mario ferreira disse...

Achei o livro bastante interessante, mas para quem nunca tenha lido o lido o livro A lua de Joana é complicado perceber algumas coisas. Que o diga eu que nunca o tinha lido, e, depois de começarmos a ler Os herdeiros da lua de Joana decidi ler A lua de Joana, e tornou-se muito mais fácil de perceber. Aconselho vivamente a leitura de ambos os livros, principalmente aos jovens da minha idade e também aos pais, para perceberem melhor os problemas que os adolescentes enfrentam, com o mundo das drogas. Também é importante para estimular o dialogo entre pais e filhos.
Já tinha lido outros livros da mesma autora e adorei, Maria Teresa Maia Gonzalez é uma das minhas escritoras preferidas.
Estou a pensar em reler este livro no futuro próximo.

Nelson disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nelson disse...

Gostei muito do livro, porque conta a história de uma rapariga de 15 anos que morreu vítima das drogas. Os pais tiveram atitudes diferentes e o irmão também. O pai admitia e não escondia aquilo que sentia e lia cartas deixadas pela Joana e convidava amigos da filha para perceber como ela era. A mãe escondia a mágoa que sentia dizendo que já tinha esquecido, mas não, estava sempre a resmungar. O irmão frequentava o psicólogo e estava sempre a dizer que a sua casa era de doidos, mas no fundo ainda sentia a falta da Joana. No final fica um enigma que não é bem resolvido, ninguém sabe bem o que fazer com a lua de Joana.

sara brandao disse...

Comentário critico ao livro
“Os herdeiros da Lua de Joana”

Eu gostei muito do livro porque é interessante, cativante e educativo.
O livro é muito educativo porque fala de um problema dos jovens que tem aumentado significativamente a toxicodependência.
É cativante e interessante porque contém factos reais e alerta os jovens para as consequências desse problema.
A parte que eu mais gostei foi quando a família de Joana, (Dr. Brito -pai de Joana, Bé -mãe de Joana e Jorge - irmão de Joana) doaram a meia-lua de Joana à sua escola. Também gostei quando o pai de Joana tentava saber o que sentia a Joana através das cartas que ela escrevia à Marta, entretanto falecida.
A parte que eu menos gostei foi a tristeza que se sentiu quando Joana faleceu.

Anónimo disse...

já li este livro é muito interessante para jovens com a minha idade, também queria dizer que a carla sofia mesquita deveiria fazer trabalhos mas não os fazer todos porque os outros tambem tem de trabalhar. deviam metar mais livros publicados

Cátia sá disse...

Eu tambem gostei muito do livro porque nos ajuda a reflectir sobre a toxicodependência.
Das personagens que mais gostei foi do irmao da joana porque pareceu-me o que estava a recuperar melhor da mote da irmã. o pai estava muito triste consigo mesmo porque só comecou a dar importancia á filha quando morreu. A mae parecia que nao, mas estava muito revoltada.
Este livro ajudou-me a reflectir sobre a importancia que damos ás pessoas de que mais gostamos, porque ás vezes só damos o devido valor quando elas ja não estão connosco.

Noiala disse...

"Os Herdeiros da Lua de Joana" é um livro muito interessante, pois representa uma história com um conteúdo muito comovente- a indiferença com que uma família encara a morte de um dos membros.
Joana era uma jovem de 15 anos bonita, boa companheira, boa filha, talentosa- para o desporto e para o desenho. Embora mostrasse os seus sentimentos, Joana não se abria com ninguém, excepto com a sua melhor amiga Marta, e com a sua avó, a avó Ju, que já haviam falecido.
Os amigos de Joana não tinham conhecimento de certas coisas que Joana gostava ou hábitos que tinha, como o facto de ela escrever cartas à sua amiga Marta. Deduzi então, que Joana não tinha amigos nenhuns, pois os ditos amigos não a conheciam realmente, e o único amigo que tinha era o Lucas, um cão abandonado. E mesmo o Diogo, o irmão da Marta não era amigo delas.
Comoveu-me também o facto da família de Joanaa desprezar no dia-a-dia, mesmo quando ela precisava do apoio deles. Estranhei também eles não terem ficado muito abalados com a morte da Joana, ou pelo menos de não o demostrarem, à excepção do pai.
Com a leitura desta históriapercebi realmente como Joana se sentia sozinha, sem ninguém para poder desabafar, e como isso era realmente angustiante. Sem poder contar com o apoio das suas falecidas confidentes, Joana fechava-se em si, tendo-se tornado por isso toxicodependente (dependência essa que a levará à morte).
A personagem que mais cativou a minha atenção foi o Jorge, pois achei interessante a maneira como ele enfrentava a morte da irmã, pois ele embora tenha ficado deprimido, não o demostrava, e apenas o psicólogo conseguira perceber isso.
Recomendo vivamente a leitura deste livro tanto a adolescentes com a minha idade, como a pessoas mais velhas.

Anónimo disse...

Eu também gostei muito deste livro, e achei-o muito muito educativo, apreciei muito a atitude do pai, que nao queria esquecer o passado, mas sim tentar entender algumas das razoes que levaram a Joana a aquele acidente!!
Quanto á mãe e ao Jorge, devo acrescentar ainda dizer que não deveriam querer esconder os seus sentimentos e esquecer o passado, mas sim lembrar-se que a Joana morreu devido aos erros cometidos. No fim da história podemos dizer que há males que vêm por bem, pois só com a morte da Joana, o pai, a mãe, e o Jorge começaram a conhecê-la.


Catarina
8º4 Nº4

amigos disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
sónia Mesquita disse...

Para mim o livro OS HERDEIROS DA LUA DE JOANA é um livro muito interessante e educativo. Educativo, porque mostra o que pode acontecer se um adolescente seguir o caminho do mundo das drogas. Interesante, porque fala de uma amizade muito forte de Joana com a sua amiga Marta e o amor familiar que se comprova com a sua avó.
Joana decidiu entrar para o mundo das drogas devido á morte da sua amiga Marta por causa do ambiente familiar, sobretudo.

Anónimo disse...

Não entendo...Como é possível tanta gente ler o mesmo livro?! Por que razão o fizeram? De quem foi a ideia? Será que o livro é mesmo interessante?

Adriana Meira disse...

Eu também gostei muito deste livro, e achei-o muito muito educativo, gostei muito da atitude que nao queria esquecer o passado,e tentou sempre perceber as razoes que levaram joana a fazer o sucedido!




8/4

Helena Pereira disse...

Achei que o livro é muito interessante.
O livro fala dos pais de uma jovem que, sem perceberem, perdem a filha por causa do vício das drogase, só depois de a terem perdido, é que percebem o quanto ela era importante para eles.
A jovem sentia-se muito só e por isso escrevia cartas a uma amiga que já tinha falecido. Foi através dessas cartas que o pai percebeu o quanto ela se sentia só e que ele não fazia nada para mudar isso. Acho também que este livro nos faz pensar, se a atitude que estamos a ter é a mais correcta, perante as pessoas que nos rodeiam, principalmente aquelas que mais gostamos.

Helena Pereira
8º4

S4ndr4 disse...

esta vez e a segunda k lei o livro e adorei estes ainda mais do k a lua de joana mas na verdade sao os dois interessantes gostei bastante e por vezes faz-nos pensar

Anónimo disse...

O livro "A Lua de Joana" é muito bom, mas o livro "Os herdeiros da lua de Joana" também é muito giro... mas quem tomar a decisão de ler uns destes livros, comece primeiro por ler "A lua de Joana" para perceber a história e seguir para o próximo livro "Os herdeiros da lua de joana"

Anónimo disse...

Eu Também adorei ler este livro e o da lua de joana , pois tráz.nos para um facto que na actualidade é bastante comum.

beijinhos :D